MIGUEL ANGELO DOMINATO

  a g u a r d e m :  C O L E T A N E A    D E    P O E M A S   S E N S U A I S

Textos

I L E T R A D O . . .

Quando vejo 
Um iletrado.
Desejo alfabetiza-lo,
Penso:
Caminhando as cegas
Sem virgulas,
Sem pontos.
Sem futuro ou passado
Oh... coitado!
Segue sem ser notado.

Seu presente não tem temas
Não há teoremas
Nem especulações.
Pobre criatura,
Aturdida.
Onde estão as suas emoções.
Vive sem alvorada
No abandono.
As cegas, buscando em tatos,
Sem pegas.

A noite vem sempre prematura
Os dias se transfiguram
Vai seguindo a criatura
Sem viver   ( ..... )

Aos empurrões 
Vive na ilusão de estar vivendo,
Cada dia menos um dia.
Vai morrendo.
Desconhecendo o universo
Que o rodeia.
Como se estivesse preso 
Na cadeia.
Ocupando uma cela.
Ou dentro de um calabouço.          


NE: seria tão bom que os alfabetizados,
       ajudassem a um iletrado.
MIGUEL ANGELO DOMINATO
Enviado por MIGUEL ANGELO DOMINATO em 24/10/2020
Alterado em 24/10/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras